terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Azul

Mulher alta, magra, pescoço longo e grandes olheiras.
Uma beleza fria.
Cabelos finos, escorridos ao redor do rosto
- como uma pintura de Modigliani.
Olhar distante...
Pouco sorriso, nada de mostrar os dentes...
O que ele sente?
Pelo que se apaixonaria?
Ela não diz.
Seu nome?
Beatriz.

... E pouco mais sei dela.



Arquétipo azul - aula de aquarela (Outubro 2012)

Vermelho

Por que eu ficaria aqui quieto
se sou dono do meu destino?
Sei para onde vou - e vou.
Sei o que espero, e quero.
Sou a força do meu fogo.
E NÃO ME CALO.
-  Não se assuste ao me ver. -
Tenho foco até no louco que mora em mim.
Há um louco em mim.
Se te oprimo, aperto, se te faço doer:
perdoe-me!,
dentro de mim também sangro.





Sou fogo que arde para todo mundo ver.


Arquétipo vermelho - aula de aquarela (Outubro 2012)

Amarelo

Lívia é luz. É alma aberta - ESCANCARADA.
É de uma beleza tão... tão Lívia!
Ela é loira sim, mas loira desde dentro.
Quando ela chega, TODO MUNDO vê:
chama atenção pela sua luz,
sua força para fora,
sua abertura para o mundo.
Tem dia que... dá até vontade de guardar a Lívia.




- arquétipo Amarelo - aula de aquarela (outubro 2012)