quinta-feira, 21 de junho de 2012

Pedro

Entre teu pai e eu
Entre o céu e o meu ventre
Entre os sonhos e o caminho
Entre o passado e o prá sempre:

Você
E foi então que, enquanto o sol aparecia lá fora, Antonio e eu acompanhávamos o momento mais sublime das nossas vidas: nada mais chegar a esse mundo, o médico o colocou em meus braços e Pedro sugava meu seio ao som de “quero a vida sempre assim, com você perto de mim”, versão de Miles Davis... Um sorriso se instalou no meu rosto – acho que nunca mais vai embora.
Pedro chegou no dia 25 de janeiro (dia da bossa-nova), às 5:25 da manhã. O parto foi normal e muito belo – como um sonho!