sexta-feira, 11 de novembro de 2011

The birth

The North Wind brings the seed
The Earth receives it and gives it a home
The Water feeds it
And a fiery spark gives it the life flash which will make it into a spirit

I am home to this new spirit. I am its mother.



(poeminha que criei para contar ao 7o ano que estou esperando um bebê)

A gota do oceano

A gota que vem e transforma em mar
o amor que nasceu de um orvalho desavisado
A gota que vem e transforma em chuva
o sonho que escorre nas noites quentes de verão
A gota que vem e derrama em suor
o trabalho daqueles que se dedicam ao mundo
A gota que vem e corre em rio
a transformação dos que vivem para o bem
A gota que vem e volta ao oceano
como a faísca de vida que supera a morte

Somos gotas no oceano
Somos vida que alimenta a Terra.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A lua me emociona.

É como se no fundo de mim, eu ouvisse sua voz.

E na forma de canto ela me dá aquela paz que eu sonhei.

Eu, em oração, agradeço cada mensagem que ela me traz.

Não está escuro. Ela clareia tudo ao redor.

E me faz bem.

E segue em seu destino de mudar, me permitindo as minhas próprias mutações.

Um dia eu quero ser lua.

E vou cantar pra você dormir.